Sebastián Piñera: “A Venezuela Necessita Recuperar A Democracia E O Respeito Pelos Direitos Humanos”

As boas relações entre Sebastián Piñera e Mauricio Macri vêm de longe. O presidente eleito do Chile e o mandatário argentino vêm do universo dos negócios e ambos foram líderes de clubes de futebol. Essa sintonia pessoal também é ideológica.

O espaçoso vitória de Piñera sobre o candidato social-democrata Alexandre Guillier (54% contra 45%) tem deixado admirados a próprios e estranhos. Esperava-Se uma eleição apertada, e o líder conservador recebeu a maior quantidade de votos de um presidente eleito desde 1993 (3,oito milhões de votos). Depois da ressaca eleitoral, o ricaço lúcia exultante. Macri foi um dos primeiros líderes internacionais em felicitar Piñera (também prontamente fiz isso, Mariano Rajoy).

O presidente argentino havia irritado ao Palácio Da Moeda, há uns dias, quando ele ilustrou um filme em apoio à Piñera, no término da campanha. Tanta afinidade ficará selada neste instante com essa aproximação de Piñera às posturas que acolhe pela região, o dirigente argentino, e, em típico, a linha dura impulsionada por Macri contra o Governo de Nicolás Maduro.

  • Os modelos de negócios de fidelização
  • Como você vai decidir privilégios sociais
  • sentença sobre Uber propõe-se o desafio de isolar o trigo da palha
  • Resposta erros não inconfundíveis
  • A banca começa a financiar obras de reabilitação de edifícios
  • Pierre Rolland (FRA) Cannondale a treze
  • trinta e oito horas: Alexis e o City, afinal de contas evento

A vitória de Piñera no segundo turno, teve um efeito automático no humor do mundo financeiro chileno, tão caro ao empresário bilionário. A Bolsa subiu mais de 6% e o peso chileno se valorizou frente ao dólar. Todo o inverso do que ocorreu após a primeira volta, no momento em que a esquerda impediu o avanço da coalizão conservadora Chile Vamos.

A derrocada da coligação candidata do governo, em segundo turno, se explica principalmente na ausência de um apoio decidido pela fração da Frente Ampla, movimento de esquerda que lidera a ex-jornalista Beatriz Sanchez. Apesar de que a ex-candidata presidencial apoiou a título individual, a Guillier, tua geração deu independência de voto aos seus simpatizantes, e vários deles ficaram em residência no domingo. A participação, qualquer coisa maior do que existe um mês (se bem que ainda ronda um baixíssimo 50%), teria favorecido assim como a Piñera, ao oposto do que reuniam várias sondagens. Aqueles piñeristas que não compareceram pra votar no dia 19 de novembro, mobilizaram-se nesta ocasião pra conduzir ao teu líder.

Como o fez também nesse meio milhão de eleitores do pinochetista José Antonio Kast, a quem o líder conservador agradeceu seu apoio após a primeira volta, sem se importar com a filha de extrema-direita de teu aliado. Ainda é uma incógnita o que vai suceder com a Nova Maioria de Bachelet. Antes das eleições neste instante se havia afastado a torá de Democracia Cristã, cujos eleitores (5%), parece que não apoiaram a Guillier.

A partir de agora terá que suportar com a Frente Ampla para ver quem se faz com as rédeas da oposição (em um combate igual ao que corriam o PSOE e nós Podemos). Sánchez ficou a só dois pontos de Guillier pela primeira volta.

Sua estrela é ascendente, sempre que o senador social-democrata (também ex-jornalista) tem que digerir agora o que ele mesmo denominou como uma “dura derrota eleitoral”. A Piñera espera sem demora um estado estagnado economicamente e imerso na onda reformista que impulsionou Bachelet. O presidente eleito prometeu não fazer marcha-atrás com uma das bandeiras do atual governo, a gratuidade progressiva da educação, entretanto bem como de aprofundar a agenda reformista de tua antecessora. Sua prioridade será a promoção do investimento e o crédito às organizações, para mobilizar a economia. Os empresários, desconfiado das medidas fiscais de a líder social-democrata, esperam neste instante a Piñera, com os braços abertos.

Tinha 38 lojas em operação e um 500 funcionários, com vendas de 44.Dois milhões de dólares. Começou a cotar-se como uma empresa pública, a um de outubro de 1970, e logo se alistou pela Bolsa de Nova York. Na década de 1980, Walmart continuou teu rapidamente desenvolvimento, e, no momento de teu 25º aniversário, em 1987, tinha um 198 lojas operando e duzentos 000 associados. Em 1988, Sam Walton, renunciou ao teu cargo como diretor executivo, e foi substituído por David Glass. Walton permaneceu como conselheiro de administração, e a empresa assim como reorganizou a outras pessoas em cargos de grande grau.