Você Construiu Sua Fortuna Com “relatórios King

Há só um ano, chegou um envelope pra Procuradoria Anticorrupção desde a Galiza. Continha uma denúncia e 7 documentos anexos. O número quatro se chamava “Projeto King”, um manual genial a respeito de como abrir no canal da existência de uma pessoa, por esse caso, a de um dos filhos do presidente guineense, Teodoro Obiang. Se detalhavam os seguimentos que lhe fariam, os ferimentos por tuas comunicações, como se descubrirían seus dados bancários e todos os de carácter pessoal que servissem pra ventilar trapos sujos. Foi o primeiro “relatório King” o que concordou o Ministério público, uma especialidade relâmpago do ex-comissário José Manuel Vilarinho -aprisionado desde novembro do ano anterior – e tua organização criminosa famosas.

A base de um “relatório King”, como o primeiro que originou a operação Tandem, é a venda de infos confidenciais ou de propriedade que Você e seus parceiros recebem de seus colegas policiais e outros funcionários da administração. Há uma parcela do procedimento, a que originou Tandem, que está quase iluminado.

O “relatório King” dos guineenses tinha como intuito acabar com o prestígio de Gabriel Mbega Obiang e cooperar a outra facção no liza, a modificação de em torno de 5,três milhões de euros. Villarejo se denominavam agente secreto e continua proclamando que é um patriota e que seus relatórios os fazia um trabalho para o Estado. Esse carro, segundo publicou a “Vanguarda” foi adquirido por Crispín Edu Tomo Maye, diretor geral de Gepetrol, organização que interessa a suporte do Ministério de Minas guineense por onde passam a maioria dos contratos de petróleo do povo. O chalé de o milionário, bem como da família Obiang, em Alginet (Espanha), foi inscrito na Polícia, que levou carros de luxo e jóias, segundo o diário Rombe.

Se pkle a oposição que concretize os seus projetos lina moção assinada por trinta e cinco participantes, pe. O respectivo senhor Llaverías respondeu a isso, alegando que a tua candidatura era colegialy nem sequer atuava em primeiras pessoas. Cultivou ideias novas para um colégio novo partien do Ufl estudo sociológico da profissão.A instituição de ensino. Falou sobre a indispensabilidade de uma faculdade para o futuro a partir de um ponto de partidanuevo, de juventude.

  • Cinco Yorley e Mario
  • Artigo 52, da combinação em casamento
  • dez Desagravo ao Paraguai
  • três O modelo-ouro pela história econômica 3.Um Implantação internacional
  • Paucg 30 (discussão) 12:Trinta 12 abr 2017 (UTC)
  • A), bem como Não parece vislumbrar-se uma compreensão unívoca, em razão de é pura fantasia literária
  • 500 DKK por dia, cerca de setenta euros, se a estadia é em um hotel ou pousada

O senhor Manhã encomió sua legal eu – luntad, contudo falou “você terá que provar-se: o que se sais escolhido”. Lamentou que não tivesse podido fazer-se uma conferência de imprensa decomún acordo. Disse que, durante quatro anos, ele tem demonstrado que trabalha em equipe e permanecerá a faze-lo.

Recolheu todas as propues tas de interesse para o seu check-up. Terminou di. curso de que pela briga só tem de vencer a escola, “que somos todos”. INCURADURA um para a Incuba’ou, cia-, sedeaves. COLEÇÃO RODEGAR Apresenta-SE – AlE OBRAS IMORTAIS. A VITÓRIA DO GHETTO. Marc Dvorjetski, Col Zero Hora. Estranho À TERRA. Richard Bach. 277 págs. A DEMOCRATIZACION DE ENSINO.O defeito DA SELECTIVIDADE.

M.’ OUINTANA. tudio crítica das dificuldades educacionais mais atuais e que sofreram. A selectividade acenta por ufl professor universitário. Ordesa – ção aifabética, 2.800 págs. 400 luis-traciones cor. Fosc.iculos, quarenta ptas. TEMPO DE REAÇÃO. Luis Martié Santos. Couve. Biblioteca Breve. 512 pága450 ptas.